Seguidores

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

O voto de Jefté e sua vitória.


O voto de Jefté e sua vitória.

Juízes 11.30-34.

 Introdução: A Bíblia diz: Que quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo. Porque ele não se agrada de tolos, o que votares paga-o. Melhor é que não votes do que votes e não pagues. Jefté não precisava ter votado, porque o Espírito do Senhor era com ele, mas talvez tomado pela emoção, para sentir-se mais seguro fez um voto irrefletido. O Nome Jefté significa: Deus abre, eu quero profetizar: Caminhos abertos para sua vida, para sua cura, para sua saúde, para sua vida econômica, para sua vida sentimental, para aquela área de sua vida que o diabo fechou, Deus vai abrir em nome de Jesus.

 I: Jefté era valente e valoroso, mas tinha um porem em sua vida; era fruto de um adultério; filho de uma prostituta. Se alguém analisar a nossa vida, vai achar um porem em cada um de nós. Vai dizer: ele é bem sucedido, mas é crente, é diferente dos outros, é esquisito; não fuma, não bebe, não peca, não vai a balada; é diferente de nós, não serve para ficar conosco. Jefté foi rejeitado expulso de casa por seus meio irmãos, por ser bastardo; mas Jefté superou essa condição e se preparou como guerreiro e homem temente a Deus. Ele Conhecia a história de Israel e sabia que o Deus de Israel não rejeita aqueles que o buscam, independentemente de sua condição social, Deus não faz acepção de pessoas, ninguém é responsável pelos pecados daqueles que o trouxeram ao mundo. A Bíblia diz: A alma que pecar, morrera. Há dos tipos de morte, a morte física e a morte espiritual que é causada pelo pecado, provocando a separação entre nós e o nosso Deus. Foi para desfazer essa separação que Deus enviou seu filho amado a este mundo, para nos purificar de todo pecado pela aspersão do seu precioso sangue, na cruz do calvário. Deus abriu o caminho para nossa salvação. Aleluia! Graças a Deus.

II: Jefté tinha tudo para dar errado, mas ele não se entregou a derrota em sua vida, não se deixou abater, seu pai Gileade havia cometido um erro, mas era um homem honrado, assumiu o erro e o trouxe para dentro de casa, seus irmãos não o aceitaram como possível herdeiro, por ser bastardo. Ele resolveu sair de casa, foi para uma terra estranha e ajuntou-se com pessoas endividadas, amarguradas; levianas, não por medo de seus irmãos, mas para não ser ferido por palavras; as boas palavras levantam a pessoa, mas as más palavras podem matar. Porem quando Deus tem um propósito na vida de uma pessoa, ele cuida, ele conduz; ele dá uma direção; Jefté tinha promessas de Deus. E mesmo em terra estranha, Deus o colocou por cabeça sobre aqueles homens levianos e consolou seu coração. Meu irmão, se você tem promessas de Deus, não importa a situação em que você esteja, Deus nunca vai te abandonar, porque você é um escolhido de Deus e não foi por acaso que você veio para o evangelho, Jesus disse: Ninguém vem a mim se o Pai não o trouxer, e aquele que o Pai me dá, eu nunca lançarei fora. Deus tem um propósito na sua vida e por mais difícil que seja a tua situação, vai dar tudo certo. Davi também era rejeitado por sua família e Deus mandou ungi-lo como rei de Israel. Moisés nasceu condenado a morte, mas Deus fez com que ele fosse criado como príncipe na corte do Faraó, ate que fosse preparado como pastor de ovelhas para pastorear e conduzir seu povo rumo a terra prometida. Raabe era uma prostituta em Jericó, condenada a ser destruída com os cananeus, mas Deus a usou e abriu-lhe o caminho do livramento e da vida.  Aleluia!

III: Aconteceu que os filhos de Amom se levantaram contra Israel, aí se lembraram de Jefté e o mandaram buscar. Aqueles que te desprezaram ainda virão te pedir ajuda. Jefté disse: Eu vou, mas só se vocês me colocarem por cabeça, eles como não tinham outra alternativa aceitaram a imposição de Jefté. O qual fez uma oração e um voto a Deus: Se o Senhor for adiante de mim eu irei ao combate e vos serei por cabeça. Se Deus for a sua frente, não importa quem você seja Deus vai te abençoar e te dar a vitória. Jefté era valente e valoroso, saiu de sua casa em desonra, mas colocou Deus em primeiro lugar e Deus fez dele um príncipe. Primeiro ele tentou a diplomacia com os inimigos, argumentou com conhecimento de causa, contra as razões infundadas dos moabitas. Jefte conhecia a política em curso de Israel, desde que saiu do Egito. Mas eles não aceitaram seus argumentos, então ele foi a luta e venceu, voltou com honra e com glória para sua casa. Deus vai te honrar meu irmão Deus vai te dar a vitória. Deus vai abrir seus caminhos para vitória e você vai triunfar na vida. Aleluia!

 Conclusão: Jz.11.34-36 – Vindo Jefté vitorioso a Mispa, a sua casa, eis que sua filha saiu-lhe ao encontro com adufes e com danças: Era ela só, a única, não tinha outro filho, nem filha. Jefté rasgou as vestes e ficou abatido, havia prometido ao Senhor e não podia voltar atrás. Mas sua filha o consolou, pois havia sobrepujado seus contemporâneos e vingado os inimigos de Israel. E ela pediu dois meses para chorar a sua virgindade, pois havia de ficar a serviço do templo. Pois não era costume de Israel sacrifícios humanos, isso era costume pagão, abominável a Deus. Devemos pagar os nossos votos, ainda que doa no coração, pois o Senhor já nos deu a vitória em Cristo. Nele somos mais que vencedores e temos nossos caminhos abertos em todas as áreas de nossa vida para gloria e honra do Senhor Jesus Cristo de Nazaré.. Aleluia!

                                                                Bp. Narciso L. Silva.   D/R.

Nenhum comentário:

Postar um comentário