Seguidores

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Somos a Carta Viva de Cristo

Somos a Carta Viva de Cristo
II Cor 3,3. “Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração”.
Introdução: Deus fala de muitas maneiras aos homens. Falou antigamente por profetas, pelo seu próprio filho Jesus, pela sagrada escritura, pela natureza. Mas também de uma forma que temos participação direta: nós mesmos somos a carta viva de Cristo.  Temos que entender a mensagem da introdução ao Evangelho de Cristo: J. Batista: "O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho. " Mc 1:15 Jesus: "Arrependei-vos, pois é chegado o reino dos céus." Mt 4:17. " Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor" At 3:19. Paulo pregou sobre o arrependimento. Atos 26:20.
Paulo diz para a igreja que eles são a carta de Cristo. A bíblia é a carta escrita com tinta, mas nós somos a carta viva. Não quer dizer que nossa vida por si só é a verdade, mas que a nossa vida no dia a dia deve expressar aquilo que a bíblia ensina. Sem arrependimento não há salvação. Ez. 18. 32b. Arrependam-se para que vivam
O texto continua dizendo que somos escritos pelo Espírito Santo. Em nossa vida de comunhão com ele, somos lapidados na imagem de Cristo. Portanto somos resultado do trabalhar do Espírito Santo diariamente.  Ele não faz nada sozinho, ele escolheu nos usar para falar aos homens.
Isso tudo nos revela a importância do nosso testemunho cristão. Infelizmente, muitos falam de Cristo, mas são apenas simpatizantes do evangelho! Nossas palavras devem ser apenas reflexo das nossas atitudes. Quando falamos do evangelho, mas não o expressamos em ações, somos falsos profetas! Jesus sempre condenou os fariseus que ensinavam, mas não praticavam. A solução é colocarmos o evangelho em prática e então anunciá-lo.
Ilustração: Robert Raikes,  fundador  EBD, um dia visitou uma família em que havia uma menina, que entristecia a mãe com a sua obstinação e terrível mau humor. O Sr. Raikes disse à menina que o seu primeiro passo deveria ser, ajoelhar-se diante da mãe e suplicar-lhe o seu perdão. Ela resistiu a todas as recomendações. Então o mestre se dispôs a humilhar-se e a pedir perdão pela menina, ajoelhando-se diante da mãe. Vendo o homem de joelhos em favor dela, a menina comoveu-se muito e pediu que a mãe lhe concedesse o seu perdão. À partir dali a menina se transformou em uma criança querida e obediente.
Quando abrirmos nossa boca com autoridade, seremos verdadeiros como Jesus. Jesus fez seus discípulos não apenas com suas palavras, mas antes com atitudes. Se não fizermos isso seremos carta adulterada. O amor de Deus é revelado em sua palavra. Esse amor deve ser o tema dominante de nossas atitudes. Quanto mais amarmos, mais transmitiremos a verdadeira mensagem. Cada ser humano exerce algum tipo de influência, para o bem ou para o mal. Nenhum ambiente é tão insensível que as nossas palavras e as nossas ações não produzam algum efeito em alguns ou em muitos indivíduos. Se nós amarmos ao Senhor Jesus, que nos amou primeiro e que se entregou à morte vicária por nós, seremos exemplos aos outros
Paulo sempre  lembrava e ensinava que o cristão deve ser um bom exemplo aos outros. Ele próprio procurou viver dessa forma. E o sucesso deste homem de Deus se comprova ainda hoje, no fato de que os verdadeiros pregadores e ministros de Deus procuram seguir os seus passos e enfatizam a doutrina central da fé cristã, ou seja: que o homem alcança a vida eterna apenas mediante a fé em Jesus Cristo, que é o único Salvador. João 3.16: Deus amou o mundo de tal maneira que deu se filho para que todo que nele crer tenha vida eterna. E se nós somos a carta viva, somos essa mensagem em forma de gente!
Conclusão: Assim como Jesus é o evangelho vivo, todo cristão não pode se contentar com nenhum outro propósito nessa terra a não ser,  ter sua vida em Cristo, para vida eterna, deixando o Espírito Santo escrever a mensagem de Deus em tua vida, para depois pregá-la em testemunho a Igreja e ao mundo carente de salvação eterna.


Pregado dia 27/11/2.016. Na I.P. AD. MISSÃO PROFÉTICA
Rua dos Alpes 1.143. Curuçá. Santo André. SP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário